Marketing Jurídico: Como a inovação pode agregar valor a sua marca jurídica?



Quanto a sua banca tem investido em inovação nos últimos seis meses? Quais os últimos produtos ou serviços lançados? O que você conseguiu enxergar de oportunidades no mercado e no negócio do seu cliente? Qual o diferencial oferecido aos seus clientes? O que os concorrentes estão fazendo de diferente?
Com certeza você que está lendo esse artigo deve estar refletindo e se perguntando, o quanto o seu negócio tem sido inovador, ou não.

Acredito que alguns já devem estar respondendo essas perguntas com facilidade, alguns preocupados e outros estão no caminho certo: planejando, estudando e pensando fora da caixa para inovar e agregar valor ao seu negócio jurídico.

A cultura da inovação deve vir de dentro pra fora, ou seja, a banca deverá desenhar seu plano a partir da sua gestão, com foco no cliente. Não adianta sair copiando e fazendo o que todo mundo faz. Todo escritório tem um perfil de cliente, um modelo de atuação, gestão e liderança diferentes. Claro que as boas ideias devem ser usadas como referência e inspiração, mas não aplicáveis 100% igual a do seu vizinho. A sua ideia deve obedecer ao seu modelo de negócio e ser personalizada para o seu cliente.

Quando o escritório pensa e executa a cultura da inovação ele automaticamente começa a dar maiores desafios para a equipe, começa a ser visto com outros olhos pelos clientes, começa a ter uma rentabilidade maior e se torna referência em seu modelo de atuação. Por isso, comece a pensar diferente e coloque a inovação como pilar do seu modelo de gestão.

Veja abaixo algumas dicas valiosas para implementar a cultura da inovação em sua banca.

Modelo de negócio

Antes de tudo é preciso definir qual modelo de atuação o escritório vai desenvolver no mercado, seja ele: Customizado, Personalizado, Especializado ou Científico. Cada modelo possui características diferentes, tanto em estrutura, tipo de cliente, equipe, tecnologia, etc. E todos esses fatores impactam diretamente na estratégia do negócio.

Liderança
Para implementar a inovação é preciso ter liderança, os sócios devem ser o exemplo e gerenciar a execução do plano. É fundamental ter acabativa, caso contrário o projeto não sai do papel e a equipe fica frustrada.

Ideias
Sua equipe está cheia de ideias, basta apenas incentivá-la e colocar desafios para que ela possa desenvolver um novo produto ou serviço focado no seu cliente. Realizar reuniões mensais de brainstorm para discussão das ideias e seleção das melhores é o primeiro passo para o desenvolvimento de um novo produto.

Pesquisa
A inovação vai exigir muito estudo e pesquisa, até por que desenvolver um novo produto exige muita disciplina e dedicação. Trace uma meta mensal para pesquisa e estudo e defina líderes para coordenar os segmentos econômicos que vão ser explorados no mercado, dê feedbacks e motive sua equipe a ir mais longe.

Treinamento
Todo novo produto lançado vai exigir muito conhecimento na hora da venda. O que vai valer para o seu cliente é a experiência que ele vai vivenciar com a nova solução apresentada para a sua necessidade. Não vale apenas vender, é preciso entregar. A entrega exige profissionalismo e comprometimento com a causa. Por isso invista pesado em treinamento e reciclagem para a sua equipe.

Marketing Jurídico
O lançamento de um novo produto tem que ser motivador e atrativo, precisa prender o olhar do seu cliente nos primeiros cinco minutos da apresentação, por isso invista em um material bem detalhado, com cores vivas, dando ênfase em dados estatísticos, gráficos e sempre pensando em redução de custos para o cliente. O consumidor é visual e o que chama atenção atrai mais prospects. A estratégia de marketing jurídico deve ser personalizada para o cliente.

Resultados
Nada melhor do que colher o que foi plantado, mas para isso é preciso regar a sua horta todos os dias. Mantenha o controle e avalie semanalmente a evolução do seu projeto, acompanhe os resultados através de indicadores de desempenho e faça os ajustes necessários. Não deu certo, mude a forma de agir, escolha novas estratégias, pense fora da caixa e busque sempre o diferencial.

Não deixe que seu concorrente chegue à frente e conquiste seu espaço, saia da zona de conforto e aja, o mercado está se reinventando todos os dias e ficar na estagnação, não vai trazer resultados. Comece agora a desenvolver seu novo plano e faça a diferença.

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”.


Deixe um Comentário




Siga no Instagram
This error message is only visible to WordPress admins